sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Quando consigo o que quero!


A quase uma década, tenho sonhado o mesmo sonho, sou brasileira, não desisto nunca, vinha batalhando, confiando no Senhor de que na hora certa Ele concederia o desejo do meu coração.
No decorrer de todo esse tempo pensei em todos os detalhes, milimetricamente planejei o antes, o agora e o depois, nunca desisti da ideia de que alcançaria o meu objetivo e tinha a certeza absoluta que ao conseguir seria embalada pela felicidade plena.
E agora, a pouco tempo, EU CONSEGUI!!!!!!!
O tão desejado sonho se tornou realidade, fiquei imensamente feliz, o que planejei aconteceu exatamente como eu esperava e a felicidade só durou...alguns instantes!!!! Mas, como assim? eu não sei! Me fiz essa pergunta por várias e várias vezes, a felicidade que me envolveu foi frágil como uma fumaça, tinha o que queria em minhas mãos, se tornou real, alcançei o topo da montanha e... me senti sem graça, vazia, enfrentei tempestades, passei fome, lutei com a força de um leão, venci, ultrapassei os meus limites para chegar lá e o "lá" era mais sem graça do que ensopado de chuchu.
Ao passar por tudo isso questionei com Deus o que estava acontecendo, falei com Ele de minhas lágrimas, da minha força e coragem e Ele me disse que viu tudo, ainda me disse mais: Se disseres a essa montanha saia daqui e salte para lá, com a fé do tamanho de um grão de mostarda, ela saltará! Você pediu com fé, esperou, buscou e eu atendi ao seu pedido, mas Kelly, quando você perguntou sobre o que Eu pensava sobre isso? Quando, nessa situação, você se preocupou com o que Eu planejei para você?
Você diz tanto gostar da minha Palavra que diz "Pois os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos. Isaias 55:8-9" Você sempre estufa o peito e diz que essas palavras são um referencial, e não se importou, em nenhum instante de olhar para o alto, você traçou o seu caminho e o seguiu e Eu como seu Pai te acompanhei em sua escolha.
Aff....
Deus sempre soprava em meus ouvidos e eu, na determinação de vencer ignorei, e o choque foi o mesmo de lembrar algo importante que não deveria ser esquecido, confesso que realmente me senti envergonhada, pois na ânsia de conseguir o que queria esqueci do que eu realmente precisava...

Nenhum comentário: