quinta-feira, 18 de agosto de 2011

"Lugar Estranho"

Estou perdida em uma cidade cheia de pistas vazias e frias, realmente não sei onde estou, só agora me dei conta de que estou em um lugar estranho, como vim parar aqui? Eu não sei...a última coisa que me lembro e que resolvi sair de casa, não sei quantos rostos vi, não sei quantos esbarrões e tropeços eu sofri, o meu pensamento e objetivo era apenas um: chegar em algum lugar.

E eu cheguei, mas, esse não é o lugar onde eu queria estar, não era assim na minha cabeça quando decidi encontrá-lo, e agora estou nessa cidade cinza, andando sozinha, não posso voltar atrás e estou sem vontade de seguir em frente, a quantas horas estou andando em círculos? Tenho certeza que já passei por aqui, essa sensação desagradável já me abraçou antes.

E agora, não sei mais o que fazer, meu celular está sem sinal e quando entra algum os números que tento estão indisponíveis, caixa postal, mentiras, me disseram que não importaria onde ou como que me atenderiam, que me ajudariam... não adianta! É chato me dar conta disso quando já é tão tarde.

Onde é a saída? Onde começa ou termina? Preciso sair daqui, ninguém me responde, ninguém sabe, continuo caminhando, ouço apenas meus passos e minha respiração, não consigo ouvir meu coração, talvez ele tenha caído lá atrás quando aquele estranho me atropelou, idiota! Me derrubou e ainda levou o que me pertence...agora já era.

E eu só queria acertar, chegar ao meu lugar desejado sem problemas, não sei onde me perdi, meu corpo está frio, meus olhos ardem, estou exausta, esse não é o meu lugar, não é aqui que quero estar, devo tentar mais uma vez? Talvez, eu deva refazer o caminho, recuperar o que perdi e me lembrar de onde vim.