sexta-feira, 5 de julho de 2013

Dia 05/07/2012

Hoje, a exatamente um ano atrás me descobri doente, vi de perto os portões da morte e experimentei toda a fragilidade e limitação do meu corpo, foi um dia difícil, de desespero pra mim, de susto para minha família e de preocupação para meus amigos, mas, em tudo e em todo momento vi e senti a presença de Deus e o seu cuidado, e após essa experiência eu passei a conhecer a Deus não por suas mãos mas por sua face, hoje eu posso agradecer pelo dia ruim, dou graças a Deus por sua provisão, cuidado e livramento e O glorifico  por todos que Ele permitiu estarem comigo nessa batalha. 
Deus é o socorro bem presente no momento de maior angústia e tribulação e eu vivi isso, nos dias que fiquei internada ainda que estivesse muito triste e chorasse todos os dias nunca me senti só, eu fui o vaso sendo quebrado pelo oleiro e sabia que não deveria perguntar: O que fazes? Deus sabia e eu aceitei.  Gradualmente vi o meu templo ser tomado por Sua grandiosa presença e quero externar minha gratidão, obrigado Senhor por me ensinar, obrigado por me mostrar como depender e confiar em ti, ainda que a dor me dissesse que não, sei que foi por amor e me ensinou que és e sempre serás Deus, o meu Deus.






Nenhum comentário: