domingo, 17 de novembro de 2013

"Ao seu lado"



Ao seu lado quero ficar, sem protelação, quero todos os anos, meses, semanas, dias, horas, minutos, segundos, será que estou sendo possessiva?

Ao seu lado quero ficar, em todos os momentos, bons ou ruins, quero segurar sempre suas mãos, com firmeza e suavidade, será que quero demais?

Ao seu lado quero ficar, quero ver seus cabelos ficarem grisalhos, quero ver sua pele enrugar, seu corpo se deteriorará,
mas, esse brilho que tem seus olhos,  sei que serão sempre os mesmos e eu quero vê-los sempre,
o que devo fazer?

Ao seu lado quero ficar, desejo isso com tanta intensidade
que sinto saudade dos momentos que ainda não vivemos,
sorrisos, resmungos, brigas, mordidas, beijos,
seja o que for, sinto tanta falta e quero estar lá,
será que estou enlouquecendo?

Ao seu lado quero ficar, é difícil entender isto?
Será que o que sinto será compreendido?
Será que é estranho essa vontade que me consome?
Não tenho respostas, o tempo está passando e em meu peito,
junto com as batidas do meu coração, essas palavras seguem
dançando alegres e indiferentes, alheias a tudo o que acontece a sua volta,

Ao seu lado, me deixe ficar...

Nenhum comentário: