quarta-feira, 9 de abril de 2014

Quem dá amor recebe amor de volta


Penso o seguinte:

Ceder o lugar em uma condução lotada, ao servir o seu copo servir quem está com você também, ceder a vez em um caminho ou abrir a porta para outro passar primeiro e outros pequenos gestos não é uma questão de educação, não é obrigação dos homens, nem dos mais novos, nem de quem é cidadão, é uma questão de escolha, você escolhe ter um coração atento e gentil para com o seu próximo. E quando a pessoa escolhe ela não espera o outro fazer, ela vai lá e faz e também não espera o reconhecimento e gratidão dos outros porque o maior reconhecimento é o que ela traz dentro de si sabendo-se ser gentil.

Quem dá amor recebe amor de volta.

Um dia após escrever esse desabafo vi esse vídeo na internet, nesse mundo imenso existem outras pessoas que acreditam na bondade!